Leilão da Caixa Econômica Federal 2013

Confira informações a respeito do leilão da Caixa Econômica Federal e saiba como proceder em 2013 neste caminho.

De acordo com o portal da instituição, de forma diária, anteriormente à abertura do pregão regular e antes de seu encerramento, são realizados leilões. Nestes, investidores podem participar e fazer registros de suas ordens.

No processo, o acolhimento de ofertas por parte da Bolsa tem como intuito determinar um preço potencial de abertura e fechamento de um ativo determinado, o que é fundamentado no total de ofertas direcionadas ao mesmo ativo.

Assim sendo, não existe a realização de negócios nestes períodos, mesmo que aconteçam ordens com potencial para isso.

Leilões Caixa (Foto: divulgação)

Leilão Caixa Econômica Federal

Somente depois da definição de valor da abertura, as ordens inseridas durante o período de leilão podem gerar negócios. Estas devem, neste sentido, atender ao critério de preço estipulado.

O Leilão de abertura (call) acontece diariamente, 15 minutos antes do começo do pregão regular.

Já o leilão de fechamento (call) também acontece diariamente, 5 minutos antes do fechamento do pregão regular.

Caixa – leilão

Conforme o portal, o after marketing bem como possui um período de pré-abertura de negociação. Contudo, este não tem o mesmo propósito dos leilões de abertura e de encerramento, já que seu escopo é permitir que os investidores cancelem ordens pendentes de execução estruturadas durante o pregão.

Leilões Caixa – critérios

Nos leilões, o valor considerado será o que tiver a maior quantidade de ações negociadas.

Em caso de empate, serão escolhidos dois valores – o de menor desequilíbrio de vendagem e o de menor desequilíbrio de compra.

  • Quem quiser ter maior ciência sobre os procedimentos que envolvem os leilões estruturados pela instituição pode obter mais detalhes em Leilões Caixa Econômica Federal.

Deixe um comentário