Home » Beleza e Saúde » Comportamento » Como lidar com a traição no relacionamento

Como lidar com a traição no relacionamento


Saiba como lidar com a traição no relacionamento

A infidelidade em um relacionamento é, sem dúvida, muito difícil de encarar, e para as duas partes.

Para a pessoa traída muitos sentimentos surgem, sendo que o primeiro na maioria das vezes é a raiva.

Para quem traiu, o remorso e arrependimento também podem ser insuportáveis.

No entanto, quando ainda há um forte sentimento unindo o casal, é possível retomar a relação e superar este erro.

Leia também:

O que é traição?

 

Como lidar com a traição no relacionamento. (Foto: Divulgação).

O ponto de partida para a discussão desta questão tão delicada é: o que traição?

A traição é a quebra de um pacto de confiança, porém não há uma regra definitiva para avaliar a gravidade de uma infidelidade, isso varia de casal para casal.

Um caso estritamente sexual é mais ou menos grave do que um envolvimento afetivo em que o contato físico não ocorreu? Pensar em outra pessoa, sentir carinho, afeto, beijar, ter relações sexuais: é difícil avaliar o que é mais fácil de ser perdoado, as respostas dependem de cada casal, de como pensam e do que foi combinado, implícita ou explicitamente.

Como lidar com uma traição?

Apesar da infidelidade, o relacionamento não precisa necessariamente acabar. É preciso avaliar muito bem a saúde do relacionamento, se há amor para continuar e o que levou à traição.

Na maioria das vezes, a traição ocorre como consequência de uma insatisfação no relacionamento. A insatisfação deve ser avaliada, e se o casal optar por continuar junto, o momento exige que este ponto seja repensado, discutido e melhorado.

De acordo com especialistas, a recomendação para o casal que passa por uma traição é não agir por impulso, levado pela raiva do primeiro momento. É necessário esperar a raiva passar e avaliar os sentimentos, para não se precipitar e decidir errado o futuro de uma relação que pode ser muito feliz e duradoura.

Conversas sinceras devem ocorrer, mas só depois que a sobriedade voltar. Elas servem não para brigar ou dar sermão, e sim para falar e escutar verdades, e quem sabe, retomar o relacionamento de onde ele parou.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*