Novo cálculo do seguro desemprego em 2012

Saiba aqui sobre o novo cálculo do seguro desemprego em 2012.

O Seguro Desemprego, benefício que concede assistência financeira temporário aos desempregados, ganhou uma nova regra para o seu cálculo. O novo cálculo já está em vigor e o trabalhador terá seu seguro calculado com base na média recebida nos três últimos salários, anteriores à rescisão.

Sobre o Novo Cálculo do Seguro Desemprego

  • O novo cálculo do Seguro Desemprego será baseado na média dos três últimos salários recebidos pelos trabalhadores antes da rescisão.
  • Serão considerados os valores informados no CNIS (Cadastro Nacional de Informações Sociais), conforme determina a Resolução nº 699, do Codefat (Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador).
  • O Seguro Desemprego, tanto ao empregado, quanto para o trabalhador avulso, representa o total da remuneração auferida em uma ou mais empresas.
  • Gorjetas e ganhos habituais sob a forma de utilidades e os adiantamentos decorrentes de reajuste salarial também integram o novo cálculo do Seguro Desemprego.
  • Quando o salário-de-contribuição não constar no CNIS, os valores poderão ser obtidos por meio da CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social), contra-cheque ou, ainda, por meio de quaisquer documentos decorrentes de uma determinação judicial.

O que não entra no novo cálculo?

  • Não entram no novo cálculo benefícios da previdência social, a ajuda de custo e o adicional mensal.
  • As parcelas referentes ao vale-refeição e alimentação, as férias indenizadas e o adicional constitucional também não entram no novo cálculo.

Deixe um comentário