Home » Utilidade Pública » Novas regras para pilotar motos aquáticas – Confira as mudanças

Novas regras para pilotar motos aquáticas – Confira as mudanças


Veja aqui novas regras para pilotar motos aquáticas – Confira as mudanças sobre o uso deste veículo.

Quem pilota motos deste gênero deve ficar atento às regulamentações vigentes neste contexto.

De acordo com o G1, com o intuito de diminuir acidentes, novas regras relacionadas à utilização deste tipo de veículo já estão em vigor.





Entre as atividades está o uso obrigatório de carteira de habilitação específica pelos motonautas.

A idade mínima para pilotar este tipo de transporte é de 18 anos, e a carteira terá uma validade de 10 anos.

Regras para pilotar motos aquáticas

Com o objetivo de diminuir acidentes com este tipo de veículo, novos procedimentos estão sendo aplicados.

Quem tem a intenção de pilotar uma moto aquática precisará, obrigatoriamente, passar por testes de habilitação específicos para este âmbito.

Distintas atividades englobam o processo voltado à formação de quem almeja fazer uso do veículo.

Entre os elementos necessários para a habilitação estão, por exemplo, a passagem por uma prova teórica. Esta será composta por 40 questões de múltipla escolha.

Além das questões, o candidato precisará passar ainda por uma carga de quatro horas em aulas voltadas à pilotagem deste tipo de motorizado.

Confira mais sobre a regulamentação para o uso de motos aquáticas

Nas aulas de formação, os alunos aprenderão a respeito do uso de material de salvamento, sobre combate a incêndio,  primeiros socorros e navegação.



As mudanças também englobam pilotos de barco. Estes precisarão de 10 horas de navegação. O procedimento visa aumentar a segurança do piloto e também dos banhistas.

A idade mínima para pilotar embarcações do gênero é de 18 anos. A carteira também será válida por 10 anos.

Informações sobre outro veículos? Veja também  Kawasaki Ninja.



Novas regras para pilotar motos aquáticas – Confira as mudanças
Avalie!