Previdência privada – O que é, como funciona?

Confira informações sobre o que é e como funciona a previdência privada e entenda melhor os processos que a envolvem.

Garantir um futuro rentável é fator fundamental para que tenhamos uma vida mais confortável e plena.

Uma das maneiras de realizar este caminho é buscar pela previdência privada, elemento voltado a garantir remuneração mais ampla.

De acordo com o portal Terra, a previdência privada, processo voltado à complementação de renda, é um processo que tem sido bastante procurado pelos brasileiros para aprimorar sua aposentadoria.

As informações contam que, em 2011, este procedimento envolveu R$ 53,5 bilhões em novos depósitos e 7,2 milhões de pessoas fundamentadas em planos individuais.

O mercado do gênero engloba diversos âmbitos, com regras específicas, taxas distintas e rendimentos diferenciados.

Procedimentos para previdência privada

Previdência privada

A previdência privada brasileira é dividida em dois grupos, os fechados e os abertos.

Nos primeiros, o beneficiário tem sua participação por vínculo a uma pessoa jurídica – empresa, associação profissional ou sindicato. Já os abertos são os comercializados por bancos e seguradoras a seus clientes.

A previdência privada é formada por duas etapas básicas. Estas englobam acumulação e benefícios.

A primeira é fundamentada em pagamentos periódicos para o fundo, o que é geralmente efetuado de forma mensal ou com maior espaço de tempo.

A outra é composta pelo recebimento de recursos, o que pode enquadrar resgate de quantia acumulada no período de contribuição ou uma renda mensal, complementando a aposentadoria do INSS, por exemplo.

Como funciona a previdência privada

Atualmente, o mercado tem trabalhado com três modalidades de planos. Os tradicionais, por exemplo, possuem seu rendimento relacionado à taxa de juros e à correção monetária.

Todavia, os planos que mais se destacam são os de rendimento variável: o Plano Gerador de Benefício Livre e o Vida Gerador de Benefício Livre, notórios pelas siglas PGBL e VGBL. Estes, até 2011, possuíam 90% das receitas inerentes aos planos privados.

  • Saiba mais detalhes a respeito dos planos de previdência privada em Terra.

Categoria: Informações úteis


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*