Home » Dicas » Piercing na boca: cuidados, riscos

Piercing na boca: cuidados, riscos




Quando colocamos adereços em nosso corpo, devemos sempre ter boas precauções a respeito. Confira: Piercing na boca: cuidados, riscos.

Sim, quem pensa em utilizar adereços como piercings, por exemplo, deve tomar certas prudências para evitar problemas futuros.

Segundo o portal Beleza e Saúde, do Yahoo, é preciso ficar atento a possíveis efeitos colaterais e riscos quando da colocação de elementos deste tipo no corpo. Entre esses pontos estão a infecção. Dado à quantidade de bactérias contidas na boca, uma infecção pode acontecer depois da colocação de um piercing.





Outro pondo é o sangramento que pode ocorrer quando um vaso sanguíneo é atingido. Dor e inchaço; dentes danificados, devido ao contato com a peça; ferimentos nas gengivas; interferência na função normal da boca, com a dificuldade de mastigação; possibilidades de transmissão de doenças, como hepatites; inflação de válvulas e de tecidos cardíacos, devido à perfuração que possibilita a entrada de bactérias, são outros pontos a serem considerados.

Saiba mais sobre cuidados a respeito do uso de piercing

Sim, cuidados com a saúde sempre devem ser elementos primários em nossa vida. Preze sempre por uma existência mais saudável.

Pois para evitar problemas com o uso do piercing na boca, esteja atento a alguns procedimentos.

Segundo o portal Rainbow Tatto, entre os procedimentos necessários na colocação de um adereço desse gênero estão, por exemplo, uma boa alimentação prévia, com tempo mínimo de duas horas; e não ter ingerido álcool ou drogas.

Tratando-se da cicatrização, o período pode proporcionar coceiras, vermelhidão e hematomas por algumas semanas. Também podem ocorrer sangramentos nos primeiros dias. É possível que ainda ocorram secreções ou cascas em torno da joia, bem como inchaço.

Para limpar a peça, é importante lavar as mãos com sabonete antisséptico antes de tocá-la, e também movimentar o piercing quando estiver no banho, com água morna, o que facilita a limpeza. Limpar a peça duas ou três vezes ao dia com antisséptico também é importante.

Mais informação?

Na parte oral, lavar a boa com solução antisséptica, dissolvendo 50% em água, chupar gelo e beber água gelada três vezes ao dia, evitar bebidas alcoólicas, trocas de salivas, alimentos ácidos e apimentados durante a fase de cicatrização, por exemplo, são elementos essenciais.

Quer mais informações a respeito de cuidados com o seu piercing?

Confira Rainbow Tatto.

Quer saber mais informações interessantes para o seu dia a dia?

Então não deixe de conferir o espaço “Dicas”.

Piercing na boca: cuidados, riscos
Avalie essa matéria!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*