Home » Dicas » Obesidade canina: causas, tratamento

Obesidade canina: causas, tratamento




A obesidade canina é um problema assim como a humana, por isso veja algumas dicas e tome alguns cuidados para garantir a saúde do seu animal. Antes de iniciar ou manter qualquer preocupação descubra se o seu cão é apenas fofinho ou se realmente ele está acima do peso ideal para o tipo de raça e idade que ele tem. Essa preocupação é importante, pois dessa forma evita-se que o cachorro tenha problemas respiratórios, sofrimento com clima quente, pancreatite, diabete e até osteoartrite.

Problemas causados pela Obesidade canina

Créditos:anjinhapapuda.blogspot.com

A obesidade ainda pode causar problemas de coração, fígado, rins. Uma forma de identificar pode ser através  dos pelos dos cães que pode apresentar-se seca. Mas é preciso lembrar que sempre deve ter um veredito de um veterinário, não comece uma mudança na alimentação do seu cão, sem orientação de um especialista. A obesidade é o acumulo de anos de má alimentação, por isso não queira curar de forma rápida, é preciso paciência.

Créditos:culturamix.com

O que causa a obesidade canina?





Entre os fatores que podem causar a obesidade estão o baixo metabolismo e o hipertireoidismo. Algumas raças têm mais facilidade em ter esse tipo de problema, devido à genética, incluindo raças como beagle, dachshund, basset hound, Cocker spainel e o buldogue.

O principal fator que desencadeia esse quadro é o fato do animal comer demais. Esse tipo de fator pode ser estimulado pela presença de ansiedade, uma carência afetiva, verminoses ou até na escolha de uma ração com poucos nutrientes que não está suprindo as necessidades ideais do seu cão.

A identificação do problema pode ser visual, observando o quanto o corpo do seu cachorro está rechonchudo e com sede excessiva. A ausência de um bom fôlego na hora do passeio pode ser um indicativo de obesidade.

Como tratar ou prevenir a obesidade canina?

Cuidar dos hábitos alimentares ainda é a melhor forma de prevenir obesidade, por isso eduque seu cão desde pequeno a comer a quantidade certa, sem exagerar.  Fique de olho, acompanhe o quanto seu cão está comendo e siga orientação de um profissional até mesmo para escolher o tipo de ração ideal.

Sempre que possível leve o seu cão para um passeio, criar o habito de praticar exercícios pode ser uma forma de evitar também esse tipo de problema.

Leja ainda  sobre Pastor Alemão – Características, adestramento, fotos.

Obesidade canina: causas, tratamento
Avalie essa matéria!