Home » Beleza e Saúde » Dicas de Beleza » Calvície tem cura – Veja novidades no tratamento

Calvície tem cura – Veja novidades no tratamento


Leia aqui: Calvície tem cura – Veja novidades no tratamento.A calvície masculina muitas vezes pode ter fator influenciado pela tendência genética, associado também a ação de hormônios.

Hoje em dia existem clinicas e especialistas que podem analisar com cuidado e dizer se realmente é possível  ou não reverter o quadro. Já existem medicamentos capazes de neutralizar os efeitos hormonais e até melhorar a aparência clínica.

Outro nome dado a calvície masculina em termos científico é de  alopecia androgenética, o nome tem origem no fato dela ser influenciada geneticamente e também devido aos hormônios androgênicos presente no homem.

Calvície tem cura

Calvície  pode ser genético (Foto:Divulgação).

Muitos homens são afetados pela calvície a partir dos cinquenta anos, porém ela pode acontecer ante ou depois. O que a ciência realmente sabe dizer é que a tendência familiar em ter esse aspecto é o principal responsável por essa alteração .Já se sabe que 80% dos homens em idade adulta apresentam algum tipo de problema relacionado a calvície.

O inicio da calvície é observada através de um leve afinamento dos fios de cabelo, que aos poucos se transformam em penugem, podem continuar de forma irreversível e variando o tempo conforme a predisposição genética. Além do fator hormonal se sabe que os nutricionais podem afetar também essa situação. Outro fator  conhecido é que homens  que são castrados antes da puberdade não passam por essa situação, somente quando eles são tratados com andrógenos ao longo da vida.

Os  andrógenos são os principais hormônios responsáveis pelo crescimento do cabelo. A produção desses hormônios ocorre através da glândua supra-renal , que são controladas através do hipotálamo-hipofisário.

Leia também:

Novidades no tratamento

Os tratamentos podem variar e  atualmente é muito utilizado o método de Apolecia androgenética masculina.  Porém o paciente deve procurar um médico da sua confiança para esclarecer dúvidas e conseguir conhecer melhor os tratamentos oferecido para essa situação. Alguns tratamentos podem durar em média um ano e muitas vezes não oferecem efeitos colaterais. Hoje em dia o mercado farmacêutico já oferece diversos tipos de medicamentos para o tratamento de calvície.

Essas informações foram extraídas da publicação da autora Denise Steiner no artigo Calvície Masculina, publicado  pela editora conceituada Moreira Junior.

Mas de acordo com a Universidade da Pensilvânia  já foram relatados após estudos que existe uma enzima capaz de agir nos folículos pilosos e voltar a produzir o pelo.   Essa enzima ativa novamente as células que pararam de trabalhar e foram impedidas de promover o crescimento do cabelo.  O trabalho está sendo desenvolvido pelo Cientista  George Cotsarelis e tem previsão para entrar no mercado nacional dentro de um prazo de dois anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

var _gaq = _gaq || []; _gaq.push(['_setAccount', 'UA-20014737-1']); _gaq.push(['_trackPageview']); (function() { var ga = document.createElement('script'); ga.type = 'text/javascript'; ga.async = true; ga.src = ('https:' == document.location.protocol ? 'https://ssl' : 'http://www') + '.google-analytics.com/ga.js'; var s = document.getElementsByTagName('script')[0]; s.parentNode.insertBefore(ga, s); })();