Home » Concursos » Como estudar para o concurso de delegado da PF

Como estudar para o concurso de delegado da PF


Como estudar para o concurso de delegado da PF. Processos de seleção exigem empenho constante.

Para que consigamos qualificações efetivas em concursos, é imperativo que busquemos pelos melhores caminhos no que diz respeito aos estudos.

Para quem está atrás de ideias neste contexto para aprimorar o aprendizado relativo ao concurso de delegado da Polícia Federal, bons pontos podem ser ponderados.





O concurso ostentará salários que vão de R$ 7,5 mil a R$ 13 mil, conforme a função. Entre os cargos estão, por exemplo, escrivão, perito e delegado.

Segundo o G1, para a função de escrivão, a seleção exige graduação em nível Superior. Diploma de tecnólogo registrado no MEC também é válido.

No que diz respeito ao cargo de perito, a função exige formações específicas de acordo com a área de formação. Entre os campos estão contabilidade, economia, engenharia, ciências da computação, química, biologia, farmácia, odontologia e medicina.

Para a vaga de delegado, é preciso que o candidato possua graduação em direito. Em todas as funções há exigência de Carteira de Habilitação na categoria B.

Como estudar para concurso Polícia Federal

Quem já vinha estudando para concurso de agente ou papioscopista já possui boa parte dos temas adiantados. Há muitas disciplinas comuns nesta conjuntura. Em casos de escrivão ou perito aparecem temas como português, atualidades, informática, direito penal, raciocínio lógico, direito processual penal, direito constitucional, direito administrativo e legislação específica.

Para aqueles que estão começando os estudos, é preciso ter em conta que os conteúdos são longos e com nível de exigência elevado nas avaliações.

Um dos elementos importantes para este concurso é buscar a resolução de provas de seleções anteriores da Polícia Federal e também de outros processos seletivos realizados pela Cespe-UNB, que organiza este concurso.

Com esses estudos, o aspirante ajusta o objetivo e a profundidade em relação a seus aprendizados, entendendo ainda o estilo proposto para as questões.

Dicas de estudo para concurso PF

No que concerne às provas objetiva, existirão 120 itens voltados ao julgamento no estilo “certo e errado”. As seleções são estimadas para o dia 19 de agosto, em todos os cargos. Fique atento: cada marcação incorreta valerá um ponto negativo.



Uma prova discursiva também faz parte da seleção, realizada na mesma data. As avaliações nesse sentido serão corrigidas se os candidatos forem aprovados e classificados de acordo com os critérios específicos.

Quem passar pela prova discursiva será submetido a testes físicos. Entre estes estão barra fixa, corrida, impulsão horizontal e natação. As atividades serão realizadas entre 13 e 14 de outubro. Veja mais em G1.

Quer saber outros assuntos relacionados a seleções? Então não deixe de acessar o espaço “Concursos”.



Como estudar para o concurso de delegado da PF
Avalie!